Uncategorized

Marca de biquini: isso ainda existe?

Nesse verão fui para Fortaleza, terra de um sol escaldante, muito calor e paisagens belíssimas. Se há algo que é difícil de achar em Fortaleza é um lugar à sombra ainda mais com a quantidade de passeios que tem para fazer debaixo do sol. E, como lá apesar de ter um sol bem quente, venta muito a gente quase não sente o sol queimando a nossa pele. (consciência pesada de ver o quanto meu ombro está feio… e olha que me protegi e muito!)

Imagem

Sempre que vou à praia tenho meu kit de proteção do sol: protetor solar pra o rosto e corpo, óculos de sol com proteção UVA/UVB (nada de camelô para destruir minha córnea), uma chapéu bem grande e protetor de cabelo. Além disso, só sento em barraca que tiver daquelas sombrinhas gigantes para eu ficar debaixo. Passo protetor de duas em duas horas e se sol fica quente demais coloco uma blusa para me proteger ainda mais. Você deve estar pensando essa menina é neurótica! Para quê tudo isso? Eu digo: porque sou muito branquinha e não posso brincar com o sol. Além disso, é nessa idade, vinte e poucos anos, com muita exposição ao sol que ajudamos a criar manchas na nossa pele, o que pode vir mais tarde a desenvolver um câncer de pele. Então, eu juro, dá para ir à praia, entrar no mar, fazer passeios e admirar a paisagem sem voltar para casa com marca de biquini, uma pele muito agredida e queimada. Na verdade, sempre achei essas marcas de biquini bem barangas, ainda mais quando a pessoa queima tanto que ao lado dessa marca fica bem vermelho. Sabe?
É, por esse motivo que sempre quando volto da praia as pessoas ficam me gozando falando que eu menti que fui para praia. Ainda mais mineiro que gosta de esturricar no sol e acha que para provar que foi dar umas voltinhas nessas praias do Sudeste você tem que voltar parecendo que foi esquecido num alto forno. Sério! Pele queimada de sol fica feia e com aparência velha muito rápido. Todo cuidado é pouco,minha gente! 

Imagem

Gostei muito de ver em Fortaleza as pessoas se protegendo do sol, das crianças aos idosos. Ninguém fica com essa de se estirar na areia e ficar o dia todo ganhando um bronze. rsrs Além disso, vi várias pessoas com aquelas blusas de surfista com proteção solar. Quero uma para a próxima ida à praia. Gente chic e inteligente não fica igual a uma lagartixa ao sol!!! kkkkk 

Aproveitando o post, quero dizer que Oil Sun Sublime da Keune (Care Line) é M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O! Passava antes de ir para a praia e toda vez que entrava no mar. Resultado? Meu cabelo não voltou quebrado e cheio de pontas duplas. Esse óleo protege mesmo os fios da agressão do sol e do mar. AMEI!!! Recomendado.

E, lembre-se: dá para aproveitar piscina e praia sem esturricar no sol! :) 

 

 

2 comentários em “Marca de biquini: isso ainda existe?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s